Centrifuga para óleo

CENTRÍFUGA PARA ÓLEO

A indústria de óleo é bem diversa, atuando com a produção de óleo vegetal, mineral e biodiesel nos processos de degomagem, neutralização, purificação, clarificação e lavagem. E para a execução desses processos o Ideal é o uso da centrífuga para óleo, que realizará com qualidade e eficiência a função desejada.

ÓLEO VEGETAL

O óleo vegetal tem três processos básicos, um deles é a degomagem, onde é realizado a separação de farinhetas e das gomas hidratáveis e não hidratáveis contidas no óleo após a extração. A Neutralização consiste em separar do óleo todos os ácidos graxos livres e suas impurezas, ajustando assim o seu teor de acidez. Já a lavagem serve para retirar os sabões que ainda existam e a água do óleo.

ÓLEO MINERAL

Dois processos são executados pela centrífuga para óleo mineral, o primeiro é a purificação que consiste em retirar toda a água do óleo, já o segundo é a clarificação que remove todas as impurezas presentes no óleo mineral.

BIODIESEL

No biodiesel a centrífuga para óleo realiza três processos, onde os principais são a separação da glicerina em um processo chamado de transesterificação e a lavagem para remoção dos catalisadores residuais. Em uma produção continua a centrífuga para óleo irá realizar apenas um processo, necessitando de dois equipamentos na linha de produção. O outro processo é o de clarificação da matéria prima, que pode ser à base de sebo ou gordura animal ou de óleos vegetais recuperados. Nesses casos, a centrífuga para óleo faz a remoção de todos os resíduos e impurezas sólidas que possam estar contaminando o produto. A clarificação também é necessária quando o óleo virgem vem em estado bruto, para que sejam removidas as partículas das sementes, grãos, cascas ou mesmo do corpo dos frutos usados para extração do óleo, garantindo assim que qualidade final do biodiesel.

A centrífuga para óleo conta com duas configurações de fabrica, a de limpeza automática e a manual. Sendo que na automática, o tambor é equipado com um pistão que através de pulsos de água enviados por um comando elétrico que controla a válvula, se mantém fechado. Quando a limpeza é necessária, os pulsos de água são interrompidos, o pistão abre e todas as impurezas são expelidas do tambor. Após isso, a água volta a ser injetada e o pistão fecha novamente. Esse processo dura em média 3 segundos e não afeta a produção do equipamento. Tudo isso é controlado por um CLP, que após regulagem dos tempos de descargas se torna um processo automatizado. O tempo de limpeza da centrífuga para óleo automática, com os processos sendo executados da forma correta, é a cada seis meses, quando também é feita a manutenção preventiva. Já a centrífuga para óleo manual, não consta com um pistão dentro do tambor e por isso sua limpeza é manual e deve ser realizada sempre que for preenchido o volume do reservatório de sólidos.

A cada seis meses deve ser realizada a manutenção preventiva, sendo efetuada a troca do kit de juntas e vedações, rolamentos e também a verificação de todos os componentes da centrífuga para óleo. A Hiper Centrifugation conta com todos esses itens a pronta entrega junto de uma equipe técnica especializada e de prontidão para atender a qualquer necessidade em todas as regiões da América do Sul.

Para saber mais ligue para 19 3227-7977 ou entre em contato